30 – ADULTÉRIO - MAIS UM CASO!



30 – ADULTÉRIO - MAIS UM CASO!



Estávamos em nosso escritório, quando toca o telefone, sempre começa assim, atendemos:
-Baker Street bom dia!
-Bom dia, meu nome e Regina e tenho um enorme problema, podemos marcar uma consulta?
Marcamos para logo a tarde na primeira hora após o almoço e assim foi feito.
Em companhia da assistente Miriam estávamos conversando na hora marcada sobre qual seria o enorme problema desta cliente que ao telefone parecia agoniada, minha assistente indagava qual seria o motivo e baseado em minhas observações passei a deduzir:
-Pela voz mulher acima de quarenta anos, casada e preocupada com seu relacionamento com o marido -
Minha assistente sorrindo quis saber o motivo da dedução e eu expliquei:
-Hoje sexta-feira, ela fez questão de marcar a consulta para a tarde, significa que tem pressa pelo aproximar do final de semana o que indica problema com o marido, diria quanto ao seu comportamento justamente no final de semana, perguntou por preço de honorários sem dizer o serviço que precisava demonstrando que já sabia o serviço que queria.
Miriam riu da dedução e foi interrompida pela campainha na hora marcada.
Entrou no escritório uma senhora loira, bonita, olhos azuis e aparentando quarenta e poucos anos, semblante marcado pela preocupação aparente e após os cumprimentos sentou-se no local indicado e deu início as suas indagações:
-Meu nome e Regina sou professora e casada com o Marcos que é empresário, casada há mais de 25 anos, e de alguns meses para cá passei a desconfiar de seu comportamento, primeiro percebi algumas conversas estranhas em seu computador, como que marcar algum encontro, verifiquei em seguida os extratos bancários de seus cartões de débito e percebi que ele frequentava uma Sauna Masculina de nome Derby em um bairro próximo, me espantei porque ele em todo este tempo nunca foi adepto a este tipo de ambiente, e no auge das minhas preocupações contratei um outro Detetive com a missão de segui-lo e descobrir aonde ele ia e com quem ele saia, contudo gastei um bom dinheiro e nada consegui saber, gostaria imensamente que vocês me auxiliassem, estou desesperada!
Nesse meio tempo minha assistente permanecia sentada em sua mesa e acessando a informações básicas de rede social e internet.
Teci algumas indagações que nos elucidassem o que precisávamos saber como por exemplo a frequência que ele ia a esta Sauna e se possuía amigos ou amigas que ele pudesse estar relacionando-se extra conjugalmente, ela respondeu que ele comparecia semanalmente a esta Sauna, não era de sair sozinho, pois ele era extremamente caseiro, contudo de meses para cá não mais haviam tido relações sexuais o que também não era comum para o casal.
Ela ainda afirmou que ele sempre se demonstrou homofóbico, não suportando o comportamento homossexual; indagamos quanto as investigações já realizadas pelo profissional já contratado e ela esclareceu que “eles tentaram alguns seguimentos, contudo nunca conseguiram terminá-los.
Neste meio tempo minha assistente interrompeu a conversa e disse:
-Rapidamente, pude pesquisar os fatos que me narrou e cheguei a seguinte conclusão:
Seu marido possui um relacionamento a 8 meses com um rapaz chamado Alexandre que tem 32 anos é analista de sistemas mora no Brooklin, inclusive viajaram a Serra Negra por 3 dias na última semana, a sauna DERBI é uma sauna gay e é o local onde eles se encontram com frequência.
Espantada Fátima levou as mãos ao rosto e num pranto convulsivo disse que suspeitava mais queria saber como havíamos descoberto isso em tão poucos minutos, assim minha assistente concluiu:
-Você não precisa dos nossos serviços, pois na verdade você já sabia de tudo, faltava apenas ligar as informações e fazer as pesquisas corretas, eu iniciei uma busca pelas redes sociais de frequentadores da sauna, que são muitos, em seguida alguns blogs e por fim alguns casais homossexuais que iniciaram um relacionamento afetivo no local e cheguei ao Sr. Alexandre que em sua rede social não esconde seu relacionamento com o seu marido inclusive postando fotos e detalhes da sua última viagem.
Se desejar podemos sim, destacar alguns seguimentos e “provar” através de fotos e filmagens, na verdade o que já sabemos, apenas daremos fatos às postagens, para não darmos campo a ele afirmar depois que se tratava de vingança ou mentiras.
Com seu consentimento realizamos todas as tratativas de contratação e passamos para a operação.
Na semana seguinte, rastreamos o carro dele, até um dos seus encontros com Alexandre, onde registramos os encontros e até mesmo seus momentos juntos.
Elaboramos ainda, o que chamamos de dossiê pessoal, onde apuramos que Alexandre, na verdade era um bom moço, não possuía antecedentes desabonadores, era trabalhador e sequer possuía dívidas comerciais.
Marcamos e em poucos dias, entregamos à Fátima todas as nossas apurações, desta feita ela já mais conformada com a sua realidade, chamaria seu marido e pediria a separação amigável.
Muitas vezes, as pessoas nos procuram já cientes das verdades que as cercam, contudo estas por vezes, ou são muitos doloridas para serem aceitas, ou mergulhadas em desespero sequer conseguem enxergá-las, por vezes esse e o nosso mérito, nossa missão.
E a vida seguindo, nem sempre como queremos, mas sempre como ela e!


FIM.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1 -UMA HISTÓRIA REAL ...SOBRE A MALDADE HUMANA.